terça-feira, 21 de novembro de 2017

Capacitação para Aperfeiçoamento das Parcerias de 2017/2018 firmadas entre o Departamento de Assistência Social e as Organizações da Sociedade Civil

O Departamento de Assistência Social promove uma Capacitação para Aperfeiçoamento das Parcerias de 2017/2018 firmadas com as Organizações da Sociedade Civil do município.

A capacitação tem como finalidade atender às exigências da Lei Federal nº 13.019/14, visando a execução dos Serviços Socioassistenciais de qualidade no município, aprimorando os Planos de Trabalho das Organizações através das legislações que regulamentam esses serviços.

Serão traçadas novas metas para alcançar os objetivos dessas parcerias, visando a melhor transparência das ações previstas e das ações realizadas, serão discutidas e determinadas as formas de aferições dos resultados alcançados e da qualidade dos serviços prestados.

Foto: Reprodução (internet)


PROGRAMAÇÃO

1º Dia

Data: 22 de novembro de 2017 – (quarta-feira)
Local: UNIFAE – Largo Engenheiro Paulo de Almeida Sandeville, nº 15
OSCs: CAMID, Associação Assistencial Ágape, Lar Vicentino São José, Lar do Pequeno Vicente, Lar Santo Antônio, AEHA e CAACCH

8:00 – Coffee break
8:20 – Início
§  Apresentações Gerais;
9:00 – Trabalho em Grupos de Serviços
§  Metas
§  Indicadores Quantitativos e Qualitativos
12:00 - Intervalo para almoço
13:00 - Retorno - Trabalho em Grupos de Serviços
§  Indicadores Quantitativos e Qualitativos
§  Plano de Trabalho
§  Relatórios de Atividades Mensal
15:30 - Coffee break
15:50 - Retorno
§  Relatório de Cumprimento do Objeto Quadrimestral
17:00 - Encerramento

2º Dia

Data: 23 de novembro de 2017 – (quinta-feira)
Local: Unifae – Largo Engenheiro Paulo de Almeida Sandeville, nº 15
OSCs: APAE, AVAPED, APPD São Francisco de Assis e Albergue Noturno Bom Samaritano

8:00 – Coffee break
8:20 – Início
§  Apresentações Gerais;
9:00 – Trabalho em Grupos de Serviços
§  Metas
§  Indicadores Quantitativos e Qualitativos
12:00 - Intervalo para almoço
13:00 - Retorno - Trabalho em Grupos de Serviços
§  Indicadores Quantitativos e Qualitativos
§  Plano de Trabalho
§  Relatórios de Atividades Mensal
15:30 - Coffee break
15:50 - Retorno
§  Relatório de Cumprimento do Objeto Quadrimestral
17:00 - Encerramento



Eliane Buciman de Lima Rossi
Cindy Laure Galizoni Elidio
Diretora
Departamento de Assistência Social
Ass. Contr. e Planej. de Repasses ao Terceiro Setor Gestora das Parcerias

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Programa Criança Feliz será desenvolvido na cidade

Visitadoras treinadas orientarão as famílias sobre a primeira infância

O Programa Criança Feliz, do Governo Federal, chegou a São João da Boa Vista na tarde de hoje, dia 11. A apresentação foi no auditório do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), com a presença do prefeito Vanderlei Borges de Carvalho, da diretora municipal de Assistência Social, Eliane Rossi, representantes de Organizações da Sociedade Civil (OSCs) e profissionais da área de assistência social, saúde e educação.

Coordenador do Programa Criança Feliz, Breno de Luca; representante da Diretoria Regional de Assistência
e Desenvolvimento Social (Drads) Mogiana, Lucilene Potge; assistente social Jassiara Bucci; coordenadora do Programa
Criança Feliz, Sônia Urtado; prefeito Vanderlei Borges de Carvalho; e diretora de Assistência Social, Eliane Rossi /
Foto: Matheus Lianda
Prefeito Vanderlei fala aos presentes durante a apresentação do programa /
Foto: Matheus Lianda
“Agora teremos a parte operacional do programa, capacitação dos visitadores e mapeamento das crianças e gestantes”, conta a diretora Eliane. “As atividades estão previstas para começar na segunda quinzena de novembro”.

Programa Criança Feliz

Profissionais de Educação, Saúde, Assistência Social e Organizações da
Sociedade Civil compareceram ao evento / Foto: Matheus Lianda
O projeto incentiva pais e familiares a estimularem corretamente o desenvolvimento das crianças – em especial, as da faixa etária de zero a três anos. Para isso, são agendadas visitas frequentes de profissionais treinados para orientar os parentes e propor atividades específicas de crescimento intelectual, psicológico e motor. Além disso, oferecem dicas de nutrição para a primeira infância.

A proposta de trabalho foi elaborada com base no referencial teórico do documento “Cuidados Para o Desenvolvimento da Criança (CDC)”, do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). O modelo foi utilizado em diversos países, com famílias de diferentes perfis – as que estão em situação de pobreza, com crianças desnutridas, com deficiência ou em situação de risco, por exemplo.

Mascotes criados para apresentar o programa / Foto: Matheus Lianda
O público prioritário do Programa Criança Feliz são crianças de até três anos beneficiárias do Bolsa Família; as gestantes e suas famílias beneficiárias do Bolsa Família; e crianças de até seis anos e suas famílias beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

“As famílias serão convidadas a participar, sem obrigatoriedade de aceitar”, ressalta a supervisora do programa, Sônia Urtado. “A primeira meta é alcançar 200 pessoas, entre crianças de zero a três anos e gestantes. No futuro, pretendemos ampliar o público-alvo”.


Resultados

223 municípios no Estado de São Paulo estão elegíveis ou já implantaram o Programa Criança Feliz e o atendimento é feito por mais de mil visitadoras, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Vários países aplicam projetos semelhantes com bons resultados, como a Jamaica. Lá, um programa orientado pelo CDC foi colocado em prática há duas décadas. 17 anos depois, uma pesquisa comprovou que as crianças participantes apresentaram resultados intelectuais, socioafetivos, linguísticos e motores superiores a outras da mesma idade e condição social.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Primeira turma do Time do Emprego recebe certificados

As próximas serão no Santo Antônio e na Vila Conceição

O sonho do emprego ficou mais próximo – pelo menos para a primeira turma do Time do Emprego, que recebeu o certificado de conclusão de curso na noite de segunda-feira, dia 25. Os 22 alunos completaram as quarenta horas de aula e desenvolveram habilidades e competências relacionadas a redação de currículo, entrevista, técnicas de procura de emprego, planejamento financeiro, trabalho por conta própria, dentre outras teorias e práticas.

Alunos da primeira turma do Time do Emprego concluem o curso / Foto: Matheus Lianda
A cerimônia aconteceu no auditório da escola Luiza de Lima Teixeira, no Jardim Ipê, e contou com a presença do prefeito Vanderlei Borges de Carvalho, da primeira-dama Solange Camargo de Carvalho, da diretora municipal de Assistência Social, Eliane Rossi, da coordenadora de atividades e responsável pelo escritório de Assistência Social no Parque dos Resedás, Sônia Noronha, e do representante da Secretaria de Estado do Emprego e Relações do Trabalho, Osires Colosso Filho.

Prefeito Vanderlei discursa ao início da cerimônia / Foto: Matheus Lianda
O prefeito Vanderlei ressalta o empenho da administração municipal em garantir o aumento do mercado de trabalho. “Nós temos o Banco de Talentos, temos agora esses cursos de preparação das pessoas para o emprego, além de todos os esforços que nós estamos colocando no Distrito Industrial em todas as áreas para gerar empregos”.

A diretora de Assistência Social, Eliane Rossi, indica a importância do curso para que as pessoas busquem um trabalho que realmente estejam aptas a fazer. “Hoje a gente tem um grande número de desempregados, mas que na verdade estão buscando aquilo que não é da sua competência ou que não é da sua expertise. Esses cursos fazem com que a gente desperte aquilo que a pessoa tem de melhor”, explica.

Diretora de Assistência Social, Eliane Rossi, fala aos
presentes / Foto: Matheus Lianda
Gregory Monteiro, de 19 anos, está à procura de um trabalho. Ele afirma que colocará em prática tudo que aprendeu nos dez encontros do Time do Emprego. “Como montar um currículo, como me comportar em uma entrevista de emprego, quais são os modos de entregar o currículo. Isso eu vou conseguir usar na procura do meu próximo emprego”, comemora. “É muito bom esse curso porque pode preparar a gente antes de uma entrevista para conseguir finalizar ela tendo sucesso”.

Alunos da primeira turma do Time do Emprego aguardam a
entrega dos certificados / Foto: Matheus Lianda
Próximas turmas

O Time do Emprego é uma adaptação de um programa canadense feita pela Secretaria de Estado do Emprego e Relações do Trabalho em parceria com a Prefeitura (Assistência Social) e com apoio da Agência de Desenvolvimento.

Há 90 vagas disponíveis, de modo que três turmas com 30 vagas cada serão ensinadas. As próximas serão nos bairros Santo Antônio e Vila Conceição. “O público-alvo é de jovens acima de 16 anos e pessoas desempregadas que já estão tentando buscar o seu emprego e não conseguem. Então elas passam por essa reciclagem para saber o que que estão errando”, diz Eliane.

Ao fim da cerimônia, ex-alunos, professores e autoridades comemoram
a conquista / Foto: Matheus Lianda
As inscrições poderão ser feitas no Banco de Talentos da Prefeitura, localizado na Avenida Dr. Oscar Pirajá Martins, 870 – 2º andar (prédio do CIESP). A exigência é que os interessados apresentem o RG, CPF e Carteira de Trabalho. O atendimento será realizado de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Galeria de Fotos




















quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Fundo Social de Solidariedade assina convênio em Limeira

O prefeito Vanderlei Borges de Carvalho e a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Solange Camargo de Carvalho, estiveram na cidade de Limeira, no dia 19, para assinar um convênio com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp).

Assinatura: prefeito Vanderlei assina o convênio, ao lado da presidente do
Fussesp, Lu Alckmin, e da primeira-dama e presidente do Fundo Social
de Solidariedade, Solange Camargo de Carvalho
É essa parceria que possibilita a execução de projetos como o Polo Modas e a Escola de Beleza. “Recebemos insumos para o curso de Auxiliar de Cabeleireiro e acrescentaremos o de Bordado em Pedraria”, comemora a diretora de Assistência Social, Eliane Rossi.

“Estes cursos são voltados principalmente para pessoas desempregadas”, relata a primeira-dama do Estado e presidente do Fussesp, Lu Alckmin. “Por meio dessas parcerias, milhares de pessoas no interior do estado terão acesso a qualificação”.

Segundo o site oficial do Fussesp, mais de 172 mil pessoas já foram qualificadas por meio desses cursos desde 2011.